Reunião técnica no Paraná

No dia 19/09, foi realizada em Curitiba, com a mediação da Secretaria do Meio Ambiente de Paraná e Fecomércio-PR, uma reunião técnica para esclarecimento de dúvidas de fabricantes do Estado e seus representantes, os quais avaliaram a possibilidade de integra-se à entidade. Foram respondidas as questões abaixo:

  • Qual é a base de dados utilizada pelo IBER para coletar as informações relacionadas à quantidade de baterias chumbo ácido postas no mercado pelos associados do IBER?
  • Como é verificada a autenticidade dos dados apresentados pelos associados?
  • Quais são os procedimentos previstos caso sejam recolhidas baterias chumbo ácido de fabricantes não aderentes ao PLR proposto pelo IBER?
  • As baterias chumbo ácido de empresas não aderentes serão contabilizadas no montante total para atingimento da meta proposta pelo IBER?
  • Caso a ABES venha a ser cosignatária do Termo de Compromisso assumido pelo IBER, como se dará a questão de Taxa(s) de Adesão entre ABES e IBER?
  • Qual é a política para a aplicação das taxas de governança atualmente aplicada pelo IBER?
  • Como a política mencionada no item 6 se aplicaria à ABES caso a mesma venha a ser cossignatária do Termo de Compromisso assumido pelo IBER?
  • Caso a ABES venha a ser cosignatária do Termo de Compromisso assumido pelo IBER qual será a participação da ABES no pleito do Conselho? Como se dará esta dinâmica?
  • Como estão previstas a realização de Auditorias Internas e Externas junto ao sistema IBER em caso de detecção de incongruência nas informações fornecidas pelos associados?
  • Já está definido o organismo responsável pela realização das auditorias?
  • Será obrigatório o fabricante se associar ao IBER ou a ABES?
  • Por que obrigar lojista e distribuidor aderir ao PLR (Plano de Logística Reversa)?
  • Qual o benefício da adesão da ABES ao IBER (benefício para o programa; para o associado da ABES e para a ABES)?

A SEMA e Fecomércio-PR concluíram que o sistema apresentado e a proposta de gestão da entidade é a melhor opção para o atendimento da regulamentação e que a parceria atenderia a expectativa do órgão ambiental que teria o controle consolidado da logística reversa de forma unificada. A logística reversa é interesse comum e não demanda sistemas separados, uma vez que geram dificuldades na consolidação.

Assim, o IBER estendeu o convite para associação de todas as empresas que ainda não integraram o sistema, uma vez que é interesse do IBER que todos possam participar do mesmo e que o tratamento seja feito de forma transparente e igualitária entre todos seus associados.

Se deseja obter novas informações acerca do processo de admissão e gestão da entidade entre em contato: atendimento@iberbrasil.org.br

Comentários