Está previsto para o dia 01/12, o início das auditorias de governança e no sistema IBER.

Sabendo que o aspecto segurança é imprescindível para que os associados possam comprovar seus sistemas com conforto e praticidade o IBER tem investido em ações que reforcem a transparência e governança da entidade.

No próximo dia 01/12 iniciará uma auditoria para avaliação dos processos internos, controles e segurança da informação de logística reversa do Instituto, a qual tem como objetivo também propor ações que reforcem o aspecto de segurança da entidade.

A empresa contratada possui uma abordagem focada em riscos e controles, levando em consideração as pessoas e a cultura organizacional, sistemas utilizados, processos e a estrutura da empresa. Utilizarão as abordagens “top-down” e baseadas em risco (“risk-based approach”) para a realização dos trabalhos voltados para o ambiente de controles, utilizando como referência os critérios estabelecidos no documento Controles Internos – Estrutura Integrada (2013), emitido pelo COSO (Committee of Sponsoring Organizations of the Treadway Commission), além de frameworks, ferramentas e standards consolidados no mercado.

Os principais direcionadores estão relacionados a seguir:

  • Apoiar no processo de adequação da estrutura de controles internos às melhores práticas (especialmente o padrão COSO 2013); e
  • Formalização dos riscos e controles chaves existentes e a identificação de eventuais recomendações de aprimoramento sobre aspectos relacionados a deficiências de controles ou a oportunidades relativas a padronização e otimização do ambiente de controles internos.

O trabalho será realizado em 4 etapas: diagnóstico e avaliação, desenho e recomendação, suporte à implementação e operação e controle garantindo uma avaliação periódica dos controles implementados.

 

Comentários